Skip Navigation Links
Ignorar hiperligações de navegação
Oferta de Serviços
Descrição do SNGN
Balanceamento do SNGN
Regras de Balanço
Ações de Compensação
ERP
Capacidades Disponíveis
Atribuição de Capacidade
Anual
Trimestral
Mensal
Semanal
Diário
Intradiário
Sobrereserva & Resgate
Resumo
Características do Gás
Gás Natural
Compostos de Enxofre

Descrição do SNGN


O Decreto-Lei nº 230/2009, de 6 de junho, que republica o Decreto-Lei nº 30/2006, de 15 de fevereiro, estabelece as bases gerais da organização e do funcionamento do Sistema Nacional de Gás Natural (SNGN), definindo-o como o conjunto de princípios, organizações, agentes e infraestruturas relacionados com as atividades de transporte, armazenamento subterrâneo, receção, armazenamento e regaseificação de GNL e enchimento de camiões-cisterna, distribuição, comercialização livre e de último recurso, mudança de comercializador e de gestão técnica global, as quais se encontram abrangidas pelo mesmo Decreto-Lei no território nacional.

O Mapa aqui apresentado ilustra graficamente a composição e localização dos elementos físicos constituintes do SNGN, nomeadamente a composição da Rede Nacional de Transporte de Gás Natural (RNTGN), do Armazenamento Subterrâneo (AS) e do Terminal de GNL (TGNL), que no seu conjunto compõem a Rede Nacional de Transporte, Infraestruturas de Armazenamento e Terminais (RNTIAT), assim como das redes e operadores de distribuição regionais e locais, ou RNDGN.

Mapa RNTGN (clique para ampliar)